Sexta-feira, 1 de Novembro de 2013

Dançando com os Dragões

Dançando com os Dragões

 

"Conversa com um ser do outro lado…"

30 de Outubro de 2013

Por Ana Isabel Ferreira

 


SER DO OUTRO LADO:

Como é que se chega onde tu chegaste enquanto ser luminoso?

ANA:

Quando deres comida a quem estiver realmente com fome, entenderás.

Quando deixares de ligar à roupa que vestes, pois todos os dias és assento de amor para crianças sujas, cheias de chichi, entenderás.

Quando estiveres na presença de mães que quase desmaiam à tua frente, e compreenderes que isso acontece porque dão a pouca comida que têm aos seus filhos, entenderás.

Quando compreenderes que homens que bebem, desempregados, o podem estar a fazer para adormecerem a dor e pensamentos de suicídio, entenderás ainda um pouco mais.

Aquilo que peço a Deus, é que me por maiores que sejam as minhas aparentes vitórias, e por maiores que sejam as minhas aparentes derrotas, eu nunca me esqueça de quem Eu Sou.

Estou profundamente grata por todos os seres humanos que passaram na minha vida, e que na sua vulnerabilidade, cravaram bem fundo em mim o significado da verdadeira humildade.

Muitos dos seres luminosos que se assumem por aí, e dos quais falas… são crianças feridas que sonhavam, um dia, seres estrelas de cinema…

Eu não quero ser aplaudida por centenas de pessoas em lugares de luxo ou “in”, eu quero tocar uma a uma e saber que elas levam Amor para si mesmas e para os que as rodeiam. Eu não quero os novos velhos paradigmas de pessoas que frequentam cursos iniciáticos e fazem terapias holísticas e agem no seu dia a dia como os maldizentes “fiéis” de tantas Igrejas.

Não quero estar rodeada de bajuladores invejosos. E já tive de sacudir muito as minhas asas para me libertar de uns, e de outros, e de mais alguns, desta e de outras dimensões. Muitas vezes ergui os olhos ao Céu e perguntei: “Pai, vale a pena a humanidade?”

E a resposta vem: “Diz-me tu que aí estás”. E aí, tudo muda de perspetiva não é? A responsabilidade é de todos nós.

Eu sei muito bem porque estou cá, desde pequena. Nunca caminhei na vida segundo o que me dava mais vantagem, por me associar a pessoa "A" ou "B" que me ajudaria a crescer. Sempre fiz as minhas escolhas perguntando onde era mais necessária. E perdi vários empregos, possibilidades de carreira, mas nunca me vendi.

E ganhei um caminho que é meu, sou eu que o trilho. Levo uma vida simples, em que o que consigo ganhar um pouquinho a mais dou a quem necessita, seja humano ou animal. De vez em quando consigo algo que gosto em saldo ou promoção, ou posso jantar fora com quem gosto, e fico toda contente! A minha ideia de abundância é ver toda a gente à minha volta, os que amo, bem.

Devido à minhas escolhas, nunca acumulei riqueza material exterior, mas quando olho para dentro de mim, tenho um Universo cá dentro.

E melhor ainda, tenho o privilégio de muitas pessoas me deixarem conhecer os seus universos internos!

Que riqueza infinita eu acedo na minha Vida!

A Vida, é a maior Mestra que se pode ter. Nada a substitui.

Tudo o que ensino e partilho em cursos e terapias, é para o aumento da vibração multidimensional do planeta, para podermos todos viver com o Amor e Abundância, que neste planeta, são infinitos, desde que partilhados com justiça entre todos os seus convidados.

Nós somos convidados neste Planeta sabes?

E é-nos oferecido tudo, podemos devolver com algo muito simples, que é o respeito, pela casa que nos recebeu, e por todos os seus outros convidados…

Não tenho tempo a perder com falsos mestres, nem com falsos aprendizes.

A maior bênção que te desejo, é que a Vida te ensine. Aquela força que te empurrou para fora da tua mãe para nasceres.

Aquela que é maior que tu.
Urbanamente::
urbanizado por jfd às 21:19
link do post | comentar | favorito
|

.Urbano

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.urbanidades recentes

. Dançando com os Dragões

.urbanidades arquivadas

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Coisas simples

blogs SAPO

.subscrever feeds